quarta-feira, 13 de junho de 2012

A Maria Sangrenta

A MARIA SANGRENTA

Na Velha Mansão dos Bastos Vasconcellos, uma horripilante mulher esconde-se, dentro do Espelho!

   Fernanda e Túlio Mendes, junto de seus filhos, Mia e Thiago, resolveram-se mudar para a Zona Sul do estado, afim de uma vida nova e totalmente diferente.
   Acabam alugando a Mansão do falecido Coronel Amaro Bertollazzi, a casa é grande, bonita, elegante e sinistra, parece estranha e o frio do vento, que sopra ali dentro, é mais congelante e tenebroso que os demais e normais.
  Aquela casa, um dia já fez parte de uma grande cena histórica da cidade, a seguinte:
  O Coronel, voltando de uma Viagem, mal chegou em casa e a mulher dele, Maria Luiza foi logo
lhe confrontando e o ameaçando com uma faca, pois segundo fontes, ele estaria com uma amante. E sem mesmo poder dar sua versão da história, a mulher, já foi logo, lhe enfencando a faca no estômago, o levando a falência, após o ocorrido, para não ser presa, resolveu se matar, fez um cículo de fogo e ali dentro começou a mastigar dentes de alho, o Satanás, saiu do espelho da Sala e foi logo a levando para dentro dele.


   Mia, resolveu fazer um encontro com seus amigos Góticos, assim como ela, seus pais estavam viajando e era Sexta-Feira, dia de esfriar a cabeça. Thiago, foi brincar na casa de um amigo que morava na casa da frente, chamado Felipe.
   No meio do encontro com os amigos, Mia e sua amiga, Nicka, resolveram chamar a todos, para uma brincadeira, com o espelho da Sala de Estar, eles iriam fazer o antigo e memorável, pacto da Maria Sangrenta que muita gente faz e conhece até hoje.
   Para eles, tudo não passava de uma brincadeira, uma lenda, e então, brincaram tranquilos, mas algo incrivel, aconteceu, a imagem da Maria Sangrenta, que era na verdade o espírito de Maria Luiza, logo, todos se assustaram e ao ver ela saindo do Espelho, correram epla Mansão inteira, tentaram abrir as portas e as najelas, mas já naum havia mais saída, pois a Bruxa do Espelho, tinha trancado todo meio que eles conseguissem sair.
   Todos morreram de cada vez, pela Bruxa, que não perdoava nenhuma alma viva que aparecesse em seu caminho, por fim, com a morte de todos, a Bruxa, envocou o Diabo e este pôs fogo na casa inteira, Thiago, da janela do amigo viu a casa em chamas e correu para vero que havia. Abriu a porta e lá dentro, em meio aos corpos dos amigos da irmã e da irmã e de todo aquele fogaréu, Thiago, viu vultos de uma mulher, e corria de medo, em direção a porta, mas o fogo já tomara conta de sua volta inteira e quando virou, a Bruxa lhe atacou, e logo após, voltou para dentro do espelho.


   Uma semana depois, o casal voltou de viagem e viu no lugar da casa, móveis e coisas queimadas, levaram sustos e apavorados queriam saber de seus filhos, ligaram à polícia, que os informou que estavam enterrados, queimados e mortos por uma ssassino, ou melhor, por uma Bruxa.
   Viram os apis, que a única parte da casa que ainda ficara de pé, era a parede da Sala de Estar, junto do Espelho da Maria Snagrenta, pendurado nela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário